Sobre idéias e mudanças

Depois de quase uma semana de profundas reflexões sobre o destino do Vitória e da humanidade, o que dá no mesmo, retorno a esta erudita tribuna citando um xará meu, aquele que tem nome de hambúrguer, o Francis Bacon. Ouçam. “Triste não é mudar de idéia. Triste é não ter idéia para mudar”.

Touché!

E minha idéia, conforme é de conhecimento do Vale das Pedrinhas e de uma banda do Areal, era a de que Experimentalgiani, com suas constantes e abomináveis invenções, estava enojando meu baba. Já a idéia dele, bem, esta ninguém sabia ao certo, pois inventava Apodi de centroavante, Bida de lateral-esquerdo, VANDERSON de meia armador, entre outras mumunhas incompreensíveis.

Pois muito bem.

Como quem tem idéia fixa é doido, mudamos eu e Carpegiani, não necessariamente nesta ordem.

E a primeira mudança de nosso técnico ocorreu na partida contra o Grêmio, quando escalou cada qual no seu cada um. Porém, as transformações mais importantes aconteceram no decorrer desta semana.

Mostrando que está disposto a não mais reabrir o LABORATÓRIO, ele propôs um acordo ao Palmeiras, sugerindo que cada time pudesse usar os jogadores que os contratos vetavam. A equipe paulista foi enrolando, levando em banho-maria e só deu a resposta na última quinta-feira. Numa brava demonstração de que não está comendo reggae, ele, altivamente, disse que não queria mais.

E o melhor. Ao saber que não poderia contar com Willian e Neto, Carpegiani fez questão de adiantar logo que colocará Robson e Roger, dois jogadores que podem cumprir a mesma função dos titulares.

É óbvio que pode dar errado, pois futebol não é uma ciência exata. Porém, a chance de acerto é muito maior, principalmente por causa de uma transformação radical (e louvável) na visão dele. Qual seja. Além de informar os substitutos, Carpegiani declarou que vai manter o mesmo esquema do jogo contra os gaúchos. Eis a grande novidade que salva e liberta. Pela primeira vez, nosso técnico mostrou que não vai se intimidar por jogar contra um (mal) dito time do Sul Maravilha.

Ao abandonar a covardia, ele já deu um passo gigantesco rumo ao sucesso.

Não bastasse, tudo isso, Carpegiani reforçou uma de suas principais qualidades desde que aqui chegou: a aposta na nossa divisão de base. Além de Wallace, Anderson, Victor, Uelliton, Adriano, Leandro, ele agora chamou o menino Edson para comparecer. Aliás, nisso nós já concordávamos, tanto é assim que desde o início do campeonato venho dizendo que quem vai fazer milagres são os SANTOS DE CASA.

Mas, Sêo Françuel, e qual foi sua mudança?” Interrompe-me a ouvinte impaciente. E eu respondo. Seguinte é este, minha senhora. Independentemente do resultado de amanhã, pois não sou engenheiro de obras prontas nem profeta do acontecido, já comecei a puxar o seguinte e novo grito de guerra aqui no Norte e Nordeste de Amaralina:

UMBORA CARPEGIANI, CARAJO!

Anúncios

16 Respostas to “Sobre idéias e mudanças”

  1. Lucas Serra Says:

    Tomara “Seu Fran”, o que o torcedor quer ver em campo é um time ofensivo e não covarde!

  2. felipe nogueira Says:

    fraciel,
    Minhas resistências aos poucos vão se dissipando, primeiramente ele deixou de inventar e agora começa a perder o medo isso sim é postura de técnico. Ele achava que tava fazendo favor aqui no grandioso, mas quando viu o caldo engrossar ele passou a ter respeito e começou a trabalhar.

  3. Sérgio dias silva Says:

    Olá Franciel! as vezes penso que você é meio doido por causa de sua viagem nas palavras. mas concordo contigo quanto a nova postura de PCC. Que o Vitória possa trazer esses 3 pontos lá de SP pra nossa alegria e de toda a nação Rubro-negra.

    Vitória sempre!

  4. Mateus Borba Says:

    Já era hora hein, Fracis.

  5. paulo galo Says:

    Quem tem cu, tem medo.

  6. Geraldo Says:

    O que mim preucupa não são as invenções de Carpegiane pois até quando o time vence tem invenção vide Atletico Paranaense e Gremio o problema são os torcedores de resultados e que se emprenham pelos Zé Boquetes da vida, mesmo com tanta invenção ele está dando vez aos meninos da base caso que talvez não acontece se vier outro trerinador.

  7. Leonardo Lima Says:

    Acho que ele esta lendo os seus textos França. Primeiro, ele descobriu que “habemos elenco”(não sei bem se este era o título) e o último que falava do fim do laboratório.
    Espero ver um time que busque a Vitória amanhã e não o time covarde que vimos nos últimos jogos fora de casa, e a formação me leva a crer que teremos sim um time que pode trazer no mínimo dois pontos deste jogos fora de Casa.
    Umbora Tritória, Carajo e Carpegiane também!
    Abraços França.

  8. canijah de moreré Says:

    Só vc pra me fazer rir depois de uma ressaca da gota serena. Bastou alguns dias fora da rádhia e a gaiatice voltou à tona.
    Umbora Carpegiane!!!!

  9. Fabrício Says:

    Se ligue nisso!

    Ambicioso, Carpegiani avisa aos jogadores: quer o Vitória jogando para assumir a liderança nas próximas duas partidas do Brasileiro da Série A

    Ambicioso, o técnico Paulo César Carpegiani reuniu os jogadores do Vitória e avisou: “Temos dois jogos para buscar a liderança”. O primeiro será neste domingo, às 16 horas, contra o Palmeiras, no Estádio do Parque Antártica, em São Paulo (com transmissão ao vivo pela Rede Bahia – Canal 11). O segundo, dia 14, às 18h30, no Beira-Rio, diante do Inter (RS).

    “O Palmeiras é uma equipe bem preparada tática e tecnicamente, mas temos que ter atitude. O time precisa se comportar como estivesse em casa, tomando a iniciativa, procurando ditar o ritmo”, disse o treinador.

    Carpegiani diante dos desfalques do meia Willian, transformado em ala contra o Grêmio e cuja atuação foi elogiada, e do vice-artilheiro do Brasil, o centroavante Neto, suspenso oito jogos, definiu a equipe com as mudanças após o treinamento apronto de sexta-feira à tarde. “Não há segredo. Jogam Robson e Roger”.

    Robson, contratado ao Atlético de Alagoinhas, por indicação do técnico após vê-lo atuar nas semifinais do Campeonato Baiano, justamente contra o Vitória, terá mais uma chance. O técnico tem Leandro para a posição, mas o jogador que atuou em 2008 pelo Palmeiras, ainda não está bem fisicamente e não foi regularizado na CBF.

    Roger é o reserva imediato de Neto. Só que Carpegiani não acredita que o atacante consiga atuar os 90 minutos por estar fora de ritmo e, por isso, convocou o jovem Edson, vice-artilheiro do Campeonato Baiano de Juniores (11 gols). Desde 2002 no Vitória, Edson tem 19 anos e marcou quatro gols a menos que o artilheiro da competição – o também rubro-negro Elkeson.

    (…)

    Fonte: http://www.ecvitoria.com.br/site/noticias/detalhe.jsp?CId=11417

  10. valmerson Says:

    Franciel o homem do Latin, com mais uma postagem excelente esse grito a de pegar assim como pegou o Bora Tritoria caralho
    irmão quando puder da um pulinho no blog caçula do Leão:
    http://valmerson.wordpress.com/

  11. Quiva Says:

    Rapaz, os blogs dos torcedores expressam a opinião de quem possui discernimento para interpretar as notícias da mídia (não se emprenha pelo ouvido) e, principalmente, de quem quer o melhor para o Glorioso Vitória. Seria muito bom mesmo se a diretoria ou Carpegiane estivessem ligados nesse espaço, valorizando a nossa opinião. Como vc mesmo diz, Franciel, a sintonia da torcida com o time pode ser um enorme diferencial nesse futebol de milhões.

  12. Alexandre Says:

    É, a esperança é a ultima que morre. Esperança essa de acreditar no que PCC falou. Ele falou que iria jogar para cima do Cruzeiro e deu no que deu.

    Tenho esperança mas não acredito em Carpegiani. Tomara que queime minha lingua

  13. Fábio Monteiro Says:

    É verdade. Acho que Aléxi Portela chamou ele na xinxa legal e como ele tem cu e quem tem cu tem medo, ele refletiu e mudou de atitude…Espero brocar os porquinhos no chiqueiro deles para terminamos a rodada na ponta de cima da tábua de classificação.

  14. Haroldo Mattos Says:

    Ola Franciel… É engraçado como a torcida se comporta. A dez dias atrás eu era o único louco no barco de PCC. Bastou uma vitória sobre o Grêmio, que todos mudam de opinião. Ele passou a semana anterior treinando com Adriano de lateral ou ala, por não confiar em Robson. Todos davam como pule de dez nossa revelação da base, experimentar uma nova posição na carreira. Como as outras peças do time renderam bem em suas verdadeiras posições durante os treinos, mostrando a ele onde realmente deveriam estar, ele graças a Deus encontrou a escalação correta. Acordou ao tirar Ramón e a contusão de Bida foi providencial. Por fim, Willian entrou improvisado, que não deixou de ser uma invenção, e talvez sentindo este, que esta poderia ser a sua última chance no elenco, se jogou de cabeça fazendo uma exelente partida.
    Voce há de convir, que ele continuou inventando, porém desta vez deu certo porque as outras peças do time jogaram bem inclusive o improvisado.
    Apesar do comportamento de William no último jogo, acredito que sua falta por questões contratuais, não será tão sentida e dará, caso seja realmente ele quem jogue, a Robson uma chance de ouro, pois o elenco como um todo esta motivado e se eles se doarem como no jogo do Grêmio ele também vai fazer uma execelente partida, talvez até provando a PCC, que pode ser o reserva imediato de Leandrinho.
    Aguardo o retrono a Salvador com tres pontos na bagagem.
    Tabú? Existe para ser quebrado.
    Te Amo Vitória.
    Sempre.
    Haroldo Mattos

  15. BETAO Says:

    Caro Francis, Adriano e Robinho nao jogam de titulares nem no meu baba aqui da roça. Chega desses caras. O Vitoria precisa nao só de um centroavante mas tambem de um segundo atacante urgente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: