PREDESTINADO

É óbvio que ninguém com mais de seis anos e três neurônios acredita nesta bobagem de que o destino já está traçado. Afinal, aceitar que existe uma entidade intangível e fantasmagórica a guiar e direcionar todos os nossos passos é abdicar do pouco de protagonismo que resta às nossas vidas queridas que já não são nem um mar de rosas.  Porém, tem horas que ficamos tentados a crer na retrógrada teologia da predestinação.

Nos últimos tempos, por exemplo, especialmente quando vejo o menino José Welison em campo, minhas convicções têm sofrido forte abalo. O pivete é um fenômeno.  É destes raros casos de quem sempre soube o que quer e como conseguir. Não foi à toa que, com apenas 15 anos, deixou seu torrão natal, o Rio Grande do Norte, e veio para o Vitória, avisando a decisão aos pais por telefone, apenas alguns dias antes da viagem.

Pouco tempo depois, com apenas 17 anos, tornou-se um dos protagonistas do importantíssimo título da primeira Copa do Brasil sub-20, conquistada pela Vitória no final de 2012. E vale ressaltar que o sujeito nem era titular da equipe. Porém, quando recebeu o passe de Alan Pinheiro, ali nas últimas voltas do ponteiro e com a casa fedendo a homem (o Vitória perdia do Atlético por 2 x 0 e mais um gol do Galo enojaria de vez o baba), ele dominou a criança com a serenidade dos convictos, avançou de modo destemido e, com o toque de craque, chutou no ângulo, selando a conquista.

Em 2013, pouco sei sobre sua biografia, mas é provável que tenha passado o ano fazendo novos pactos com o destino. Sim, só isso para explicar que sua estreia como profissional, no dia 22 de janeiro, tenha ocorrido  exatamente no jogo contra um time chamado Confiança. E, como já estava escrito há séculos, o garoto fez uma partida soberba e guardou um surpreendente (para os incréus) golaço de falta.

A partir de então, tornou-se dono da camisa 5 do Vitória. Aliás, minto. Na verdade, o meio campo inteiro do time foi a parte que lhe coube no latifúndio. Porém, amigos de infortúnio, a vida é correria, mesmo para os predestinados. E como ele correu. Outro dia mesmo tava se estrebuchando de cãimbra, num destes babas inúteis do campeonato baiano.

Aliás, por falar em baba inútil, o que leva uma pessoa a sair de seus cuidados num dia de chuva para ver uma peleja entre Vitória x Juazeirense, sendo que o Rubro-Negro já está classificado? Os outros 4.926 pagantes, num sei, mas este rouco e incrédulo locutor decidiu por uma questão, digamos assim, transcendental. Fui testar a veracidade da retrógrada tese sobre a predestinação.

E, em verdade vos digo: ao ver José Welison fazendo miséria em campo, minha falta de fé nos obscuros desígnios já previamente determinados saiu abalada. Sinto-me hoje com menos de seis anos e dois neurônios. Assim, confesso e admito: existem, realmente, pessoas que são predestinadas, que já estão com o destino traçado. E o de José Welison é brilhar muito.

Amém.

P.S Logo após o jogo, um sacrista veio fazer graça dizendo que este argentino Ferrari, que jogou na zaga do Vitória, é um fusca. Ao me lembrar de todas as lambanças do referido, apenas admoestei meu interlocutor. “Respeite o fusca”.

Aliás, esta minha zaga atual tá me fazendo ter saudades de Rubão e David Braz. Não, calma, minha comadre, largue esta pedra, estou apenas brincando.

Anúncios

8 Respostas to “PREDESTINADO”

  1. Marcio Melo (@marciosmelo) Says:

    ahhaha respeite o fusca!

    E a gente pensando que ninguém poderia ser pior do que Defendi

  2. jbassu Says:

    Para a infelicidade dos desterrados ainda nao tive o prazer de conhecer o futebol do referido.
    Muito embora a sua senhoria, que se auto intitula ser “o craque do Nordeste de Amaraina”, que por si so, demonstra pouco conhecimento do assunto, confiarei em sua opiniao sobre o futebol de Jose Welinson.

  3. Uilian Sales Says:

    Belas palavras Franciel, esse garoto vai longe. Que venha o VIXSA.

  4. Itajaí Santiago Says:

    Há muito tempo não vejo um camisa 5 com tanta categoria. Acorda Felipãooooooo!

  5. Robertinho Says:

    Franciel;

    Favor revisar o texto. O nome do craque ALAN PINHEIRO deve ser citado em CAIXA ALTA E NEGRITO. Tenha, por favor, mais respeito com esse grande craque.

    Obrigado!

  6. Elmo Says:

    O menino joga muito e o argentino não é nem um Fiat 147 com problema na caixa de macha.

    Sobre essa zorra de ser predestinado a família defendi é campeã, já que no mesmo dia o irmão goleiro e o zagueiro tomaram 5 gols, um do curintia(assim mesmo) e o outro do Ceara. Chego a pensar que o sobre nome vem dos técnicos se esgoelando ´´RODRIGO DEFENDI“ e o cara até hoje não defende nada.

    SRN

  7. Roberto Says:

    Cara, muito bom o seu artigo, parabéns.

  8. Nicola Says:

    Ôchente gente, esse menino é retado de bom, é um camisa 5 que não está disponível no mercado, o VITORIA tem que lapida-lo que vai render muitos frutos, dale VITORIA a maior fabrica de craque do Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: