Caneladas caceteiras

Rápido e caceteiro, pois já na próxima terça tem outra final de campeonato pra nós. Sem pipocar, imprimo a marca da travas na canela dos incautos:

Deola (que não estava suspenso, como afirmei antes) bem que tentou evitar a derrota. Fez um bom jogo e, com as mãos ou com os pés, fez o que pôde. Tirou até com os olhos uma bola que bateu na trave. Porém, os gols sofridos foram realmente indefensáveis.

Todo mundo já conhece a correria de Nino. E sabe também que ele não consegue cruzar. Sim, porque, na minha opinião, “cruzar” é diferente de “jogar na área pra ver no que vai dar”. Assim, só deu o goleiro do Atlético/PR. Gilson até que fez um primeiro tempo promissor, com alguma vontade e qualidade, mas na segunda etapa errou tudo o que pode, até pelo abatimento geral da equipe, e chegou mesmo a ser vaiado em campo.

Nossos zagueiros, Josué e Gabriel, fizeram um partida muito fraca. Sempre chegando atrasados, recuando em demasia e perdendo a disputa nas bolas aéreas. No entanto, precisamos ser indulgentes com o primeiro, por ter realmente pouca experiência, e como o segundo, que ocupa o posto de zagueiro mais regular do elenco. Numa partida onde todos jogaram mal, não dá pra lançar toda a culpa em cima da dupla.

Uélliton e Michel também não acertaram muita coisa. O camisa 5 ainda foi um pouco melhor no primeiro tempo, porém, na etapa complementar ambos caíram na dança do “olé”, junto com o resto do time, até serem substituídos por Tartá e o ressucitado Eduardo Ramos, respectivamente. Os dois também decepcionaram. Não apresentaram nada de útil e o segundo ainda falhou feio no lance que originou o segundo gol atleticano.

Difícil dizer quem foi o pior em campo, mas Pedro Ken é um forte concorrente. Sem ter outra cabeça pensante pra produzir algo, tentou resolver sozinho, mas, de efetivo mesmo, apenas 1 chute com certo perigo no primeiro tempo e outro já no apagar das luzes. Assim como o restante da equipe, Willie, mais uma vez, jogou muito pouco. Acabou sendo “pego pra Cristo” por conta da impaciência da torcida. William entrou em seu lugar e foi um espectador privilegiado, assistindo ao jogo de dentro do gramado.

Marquinhos e Elton tiveram poucas chances. Um correndo à toa e o outro sempre preso entre os zagueiros. É que não adianta povoar o ataque se eles não conseguem receber bolas em condições de marcar. A verdade é que esse retorno das “táticas” do chutão e do chuveirinho, dificulta sobremaneira o trabalho da equipe lá na frente. Porém, sobre o aspecto da vontade de ganhar o jogo, o ataque também saiu devendo.

No último comentário, da mesma forma que errei sobre o 3º cartão de Deola, acertei quanto disse que precisaríamos de muita bola pra vencer o Atlético. Dito e certo. Até que no primeiro tempo tivemos mais volume de jogo, embora poucas oportunidades. Porém, após o primeiro gol, nos abatemos e, após o segundo, nos desesperamos.

Para o bem ou para o mal, Carpegiani já foi. Já é passado. Chama-se então o Severino, o Quebra-Galho, mais conhecido como Ricardo Silva. Se o futebol paticado pelo time já tem realmente a sua cara, acertou a diretoria em não ficar pagando salário pra qualquer outro treinador. Agora, só nos resta rezar para que O Paizão recoloque a equipe nos trilhos novamente.

Não dá tempo nem pra lamentar. Próxima terça já tem mais decisão. Também não adianta desespero, pois a única coisa que perdemos até aqui foi a vantagem na pontuação. Mas isso não é nada, SE a equipe realmente quiser retornar ao campeonato, com a garra e a disposição do início. Vamos em frente. Brocaremos!

Para o alto! E além!

Anúncios

2 Respostas to “Caneladas caceteiras”

  1. J Mocota Says:

    Caneleiro…

    Cada dia que passa Mocota é mais seu fã.

    Que texto genial da zorra!!!

    Parabéns!!!

    Plac, Plac, Plac…

    PS – Leitura perfeita do jogo e você ao contrario da maioria dos blogueiros Rubro-Negro buscou ajudar o Leão a continuar firme e forte na busca do título e não a jogá-lo ainda mais para baixo.

    O escolhido conduzirá o Vitória a Glória.

    Avante Leão!!!

  2. PAULO RIOS Says:

    NINGUEM TA PERCEBENDO QUE QUEM DERRUBA TECNICO A MUITO TEMPO NO VITORIA É UM RAPAZ CHAMADO RICARDO SILVA.ESSE ENQUANTO NÃO SAIR DO VITORIA NÓS SEREMOS UM TIME SEM BRIO NENHUM..ARMADOR ESSE RICARDO SILVA É UM CARA DO MAU.ELE CRIA PROBLEMA PRA JOGADORES E TECNICO DEPOIS ASSUME UM VERDADEIRO PUXA SACO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: