‘NADA VAI TIRAR O VITÓRIA DO MEU CORAÇÃO’

Por conta de minha formação ceticamente cartesiana, sempre desconfiei das chamadas forças sobrenaturais.  Acreditava (e, de certo modo, ainda acredito) que somos senhores de nossos destinos, independentemente das ações exógenas (recebam, incréus, um exógena pelos mamilos).

Pois bem.

Acontece que a convicção, esta menina traquina, é um bicho traiçoeiro da disgrama. Basta um descuido e vupt, ela, a convicção, nos escapa, sem remorso algum. E comigo não foi diferente. Há exatos três anos e três dias, em 17/05/2008, comecei a mudar minha opinião sobre as artimanhas do destino. A partir da referida data, comecei a perceber que Ele, o destino, tem uma força descomunal, muito além do que pode imaginar nossa vã consciência (Chupa, Shakespeare!).

O seguinte foi este.

O ponteiro do relógio marcava 18h10, na Ilha do Retiro, quando vi que aquele colombiano, que estava vestindo  pela primeira vez o manto Rubro-Negro, começava a selar uma aliança inquebrantável com o Clube e a torcida. Uma coisa completamente fora dos padrões do futebol moderno, onde o que sempre prevalece é o vil metal. Ele fez uma partida extraordinária não somente porque estava em boa forma, mas porque, além de tudo, pegava com as mãos, os pés, o coração e até mesmo com a língua.

Aliás, como fala este rapaz. Porém, todas as falas sempre foram no sentido de construir um clube respeitado e vencedor. Jamais ele admitiu ou engoliu calado qualquer coisa que viesse a desmerecer a imagem de um Vitória Grande. Ele sempre acreditou que era possível construir este Rubro-Negro de seus e de nossos sonhos. Um time destemido, que nunca se apequena.

Inclusive, acho que a maior e mais simbólica divergência de Viáfara com a atual diretoria é exatamente esta. Ele incomoda os que estão temporariamente no poder porque pensa um Vitória Forte, coisa que causa alergia a esta gente que se guia pela covardia e mesquinhez.

É verdade  que, em todo este período, ele não foi apenas o goleiro espetacular, que pegou tudo e mais um pouco, a exemplo da Vitoriosa (sim, vitoriosa) campanha na Copa do Brasil do ano passado. Viáfara, é preciso fazer justiça aos fatos, teve também atuações medonhas.  Na minha imodesta opinião, a pior de todas foi contra o Palmeiras.

Mas, derivo.

O que queria dizer é que a prova definitiva de que a ligação de VIáfara com o VItória era muito mais profunda do que a coincidência das duas letras iniciais, ocorreu no dia 12 de junho do ano passado.

Como sói acontecer, larguei mulher e filho e descambei para o Santuário para assistir a peleja entre Vitória x ABC pela Copa do Nordeste. Era uma noite fria, destas que, de quando em vez, se abate sobre a cidade, com uma neblina que torna este tipo de jogo ainda menos atrativo.

Pois muito bem.

O time B do Vitória fazia uma partida medonha e o gol da equipe potiguar poderia sair a qualquer momento. E quando tal profecia aconteceu, fiz o que costumo fazer nestas horas: xinguei até a décima geração de todo mundo e procurei alguém para compartilhar minha revolta. Porém, a arquibancada era um deserto de homens e idéias. Foi então que, olhando para perto do alambrado, vi o sacana do colombiano sofrendo com aquela derrota, que, ressalte-se, não alterava porra nenhuma a situação do Vitória. Porém, ele não admitia um clube perdedor. Tanto é assim que, na goleada que o expressinho meteu nas sardinhas em pleno pituacivisky, ele vibrou como menino nas arquibancadas. E também sofreu junto aos torcedores naquela apática apresentação na Vila Belmiro, depois de ser um dos comandantes da memorável  festa no aeroporto 2 de Julho.  (O nome do aeroporto é 2 de Julho,  viu, cambada de sacanas?).

É por estas e outras que narrei, e na história entre Viáfara & Vitória existem e ainda existirão muitas outras, que a frase do título não me soa falsa. O colombiano, que tanto gosta de brincar, inclusive em momentos inadequados, está falando sério quando diz que nada vai tirar o Vitória do seu coração.

Nada mesmo. E, pra encerrar esta prosa, El Paredón, ouça o que falou o lírico Mário Quintana, numa pequena obra intitulada Poeminha do Contra.

“Todos estes que aí estão

Atravancando o meu caminho,

Eles passarão.

Eu passarinho!”.

É isso.

P.S. Por uma destas ironias do destino, Viáfara se despediu do Vitória exatamente no dia de seu aniversário.

Anúncios

32 Respostas to “‘NADA VAI TIRAR O VITÓRIA DO MEU CORAÇÃO’”

  1. Geraldo Says:

    Franciel, o problema desta diretória incapacitada e sem vergonha é que sempre tem que ter um pode expiatório e para atender a mais um pedido do Bocão o escolhido da vez foi Viáfara que teve sim nos ultimos tempos muitas falhas mais não a ponto de ter sua imagem manchada por estes honrados senhores, espero que o bocão continui do lado de Alex quando este realmente conseguir levar o clube mais uma vez a 3ª divisão lugar onde ele encontrou e esta doidinho pra colocar ai serão cobradas as suas falcatruas assim como foi com Pc.

  2. claudio Says:

    Parabéns. Excelente texto.

    Recomendo só tirar a “CANNABIS SATIVA” do conteudo dos outros textos de forma a não disseminar o seu uso e também coloca-lo em situaçao dificil.

    Outro ponto que deveria abordar é a Covardia do Presidente do Vitoria ao Culpar um icone rubro negro, pela perda do baiano.

    Pergunto-me:
    a)Quem manteve Lopes, retranqueiro, que mercereu perder para os 2 Jahias (itinga e Feira), foi elimnado da CP pelo inexpressivo Bot/PB e rebaixo pelo inoperante (Atl/GO)?
    b) Quem não sabe que a carencia do Vitoria está, desde do ano do rebaixamento, na lateral esquerda, meia armadores e atacantes?
    c) o que o “covarde do presidente” fez para reforçar o time nestes setores? – Ernani? Eduardo Neto? (marcelo cordeiro, dando sopa foi para portuguesa). Nania? Neto Baiano (parece jogador de toto – todo duro)

    Reflitam!

  3. Victor Linhares Says:

    Viáfara sair do Vitória nessa situação é um absurdo…

    Defendo uma manifestação até que isso seja revertido e ele volte!

    Entendo que ele não estava em sua plena forma, merecia SIM uma reserva, e tenho certeza de que, homem como ele é, iria treinar mais e mais, até voltar a ser titular, e não criar intriga, como alguns fazem.

  4. Renan Diego Says:

    Parabens Françuel!

    Concordo plenamente com tudo que vc fala nesse texto, pois foi uma puta sacanagem o que a direitoria do vitória fez com um dos melhores goleiro que ja vestiram a numero 1 do Vitória.Para tentar se eximir da culpa de ter armado um time medilcre pro campeonato baiano, agora eles tentam clussificar o Viafara.
    É por causa desse tipo de atitudes tomadas pela direitoria que vimos atitudes tipo a de Apodi quando jogou o colete no chão, ou como a do fdp do Neto baiano que gritou aos quatro ventos que não queria ficar no Vitória.pois quando um jogador demonstra amor e respeito a um clube como o vitória é assim que eles retribuem.

  5. mini Says:

    Pois é. Não consigo entender o Vitória. Parafraseando: “Para quem não sabe onde quer chegar, não existe porto seguro”. Isto cabe perfeitamente à diretoria do Vitória. A ação está muito longe do discurso proferido diariamente pelo Presidente Alexi. Não vamos subir, isto está evidente, pois não temos time e não vamos ter, podem ter certeza. Vejam o exemplo do ano anterior. Isto é triste, fico as vezes pensando em deixar tudo para lá. Desistir deste time por enquanto. Mas vejo que algumas pessoas de fora do Vitória estão lutando por mudanças e isto me traz um pouco de esperança, pelo menos alguém está gritando, reclamando.

  6. snowman Says:

    Se é possível escolher entre tantas obras de qualidade, esse, em minha opinião, foi um dos melhores textos que li escritos por você.
    Se a justiça nunca é feita na Toca do Leão e as únicas homenagens que nossos mais importantes atletas recebem são a perfídia e a execração pública coube ao seu coração sensível e à sua pena reta trazer a luz a mais um episódio vergonhoso da recente história do Vitória.

  7. joao neto Says:

    Caro Franciel,

    Seu texto é de uma preciosidade sem tamanho.Nosso El Paredon merecia ir para o banco para readquirir sua forma e nunca ter sido mandado embora dessa maneira.Não se demite um homem dessa forma, nem tampouco um ícone do nosso querido VITORIA.O verdadeiro culpado chama-se A.Portela que manteve A.Lopes e não contratou jogadores de qualidade.

  8. Borba Says:

    Sensacional.

  9. omar Says:

    sou bahia doente mas tiro o chapéu para o colombiano.
    não sei ao certo o responsável por este crime ediondo; se a diretiria ou esta imprensa inconsequente que faz dos percaussos o seu ibope.
    espero que não o façam tb com alisson como o fez o bahia.Cada dia aumenta a disconfiança de que seja inveja por toda estrela que brilha.

  10. Juvenal Says:

    Perfeito o texto Franciel.

    El Paredon merece todo o respeito da torcida rubro-negra e deveria ter também dessa diretoria. Porém para esta última não podemos esperar muita coisa.

    El Paredon. Você já faz parte do Vitória.

  11. lua Says:

    Fedegoso nele.

  12. Filipe Garrido Says:

    Esporte Clube Vitória, sempre carente de ídolos…
    Lembro quando na falta desse ídolos idolatrávamos Apodí, nada contra ele, nos deu algumas alegrias… (Quando Jogou no Jahia, é claro!)

    Todo clube precisa de um ídolo e Julian Ramiro Viáfara é e sempre será ídolo do Esporte Clube Vitória.

    Essa diretoria covarde precisava, mais uma vez, de um “culpado” para suas lambaças… e a bola da vez foi El Paredon, sendo que que deveria sair era Alexi…

    E Tenho dito!

    Axé a todos.

  13. Uraí Guerreiro Says:

    Quem tirou o viáfrada do Vitória foi seu amor ao clube. Quem fica tem amor aos mirréis (maioria que veio de fora). Fóda o texto. Onde assino?

  14. breno Says:

    Françuel,
    Muito bonita sua prosa.Mais bonita ainda, apesar de inutil na pratica, o delirio do “Vitoria Grande”. Neste ultimos anos em que viu o rival Ex- quadro de aço se tornar lata de sardinha, o Vitoria da Bahia ( assim chamado nacionalmente) bateu na porta do paraiso algumas vezes, mas nunca adentrou o recinto. Culminou com o vice ( sina ou carma?) da Copa do Brasil contra o grande e quase imbativel Santos. Mas durante pelo menos em 2 outras Copas o Vitoria teve tudo para vencer, e entregou legal ( contra o Flamengo e o Atletico Mineiro), e nos dois quase-pentas. Não veio o Vitoria Grande. E Viafara falhou de forma capital no que seria o Penta. Veio o Bahia de Feira.

  15. Deivid Says:

    Fantástico, seu melhor texto Franciel…

    Nem tenho mais nada para dizer… Só sentir o vazio que brota mais uma vez em meu coração ao emanar do meu raciocínio a veracidade do trágico fato…

    SRN

  16. Nilvaldo Loureiro Says:

    Viáfara no gol e Franciel na ponta da caneta, ou melhor, no teclado do computador.
    Eu me sentir apunhalado ao ler/ouvir/assistir que a “diretoria” do ECV havia cometido este crime secular de culpar e demitir ao maior ídolo que o ECV já teve em todos os tempos. Isso mesmo, há muito tempo que não tínhamos um jogador que se identificava desta forma com o nosso ECV.

  17. Renato Says:

    Franciel,
    Aqui já bati em seu texto algumas vezes… mas esse novo, carregado de emoção e com pouco palavreado “pseudo intelectual” (ainda ficou algum…”recebam, incréus, um exógena pelos mamilos” e “Chupa, Shakespeare!”) que em nada acrescenta ao texto… Digo isso porque você escreve bem e não precisa destes artifícios literários baratos… Escreva simples e com essa emoção que esse texto carrega, fica melhor e passa uma credibilidade a que lê diferente do apaixonado torcedor.
    Depois da “porradinha nos mamilos”, os elogios. Seu texto foi muito bom. Tocou em uma ferida que ameaça crescer a cada vez mais em nosso clube. Estamos perdidos em sem rumo. Estamos conseguindo reverter a própria história que conseguimos reverter. Parece redundância mas se reparar, nos três últimos ba-Vis (apesar de ganharmos um deles no Pituaçu) jogamos como time pequeno, sentimos a cada lance e posse de bola do nosso maior adversário um frio na espinha como a que sentíamos nas arquibancadas da Fonte Nova… Espero não ver o pior… Mas colocar os nossos ídolos como únicos culpados é uma infâmia sem preço. E nosso dirigentes mediócres? De que adianta ter tudo pago e a casa acertada se nosso mundinho se apequenar e voltarmos a ser reduzidos a um time regional? E se nossa geração morrer e nunca ver um título nacional? Umzinho sequer? A mim, sinceramente não quero título de segunda divisão, de terceira, de sei lá o que… se nosso parametro é o rival, precisamos de um titulo de campeão brasileiro da primeira, ou seremos sempre.. e aí sim confesso, entregarei os pontos… um time inferior como a cabeça de nossos dirigentes… Viva nossos ídolos. Abaixo os dirigentes que passaram e os atuais! Que venha o novo! Quero ser campeão brasileiro da primeira. a mim só isso importa.
    Desculpe o desabafo. Gostei do seu texto. Abraço,
    Renato

  18. Caio Says:

    É revoltante, a diretoria mais uma vez usando alguém de bode expiatória, aproveitaram que Viáfara tem a rejeição de 99% da imprensa, e veja como eles cobriram o assunto “Viáfara não tem mais clima”, “Já deu o quetinha que dar”, todos eles já rejeitavam Viáfaram e se sentem aliviados deles sair, o que fizeram não foi trabalho jornalístico, foi uma campanha de difamação, é triste ver a diretoria usar um jogador pra se esconder da cobrança da torcida, pra disfarçar sua própria incompetência, que com as três últimas derrotas já ficou patente.
    E o que me incomoda mais é a apatia do torcedor, com a quantidade de erros cometidos já era hora dessa diretoria ser retirada àforça como fizeram com a anterior.

  19. J Mocota Says:

    Parabéns por mais um texto brilhante Franciel.

    E vê se não fica muito tempo sem postar, não. Nós torcedores Rubro-Negro
    observamos melhor o caminho ao seguir a sua luz.

    Avante Leão!!!

  20. GUSTAVO Says:

    todos os nossos melhores jogadores que amam a camisa ,a diretoria covarde manda embora,fora Alex..

  21. GUSTAVO Says:

    FOI VANDERSON,JUNIOR MATADOR ,RAMOM E AGORA VIAFARA CADE A REFERENCIA DO NOSSO TIME,ESSA DIRETORIA PARECE QUE APRENDEU COM O JAHIA. FORA ALEX.

  22. Paulo Camurugi Says:

    Sábias palavras.

    Pobre o time que não sabe valorizar e respeitar os seus ídolos. Felizmente a maioria da torcida não foi apoiou essa atitude. Viáfara é respeitado pela torcida, essa vagabundagem partiu de alguns pulhas que se apossaram do clube provisoriamente.

  23. Duilio Frederico Camardelli Says:

    Bom dia e SRN a todos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Não vou voltar ao passado, tenho que viver o presente e pensar no futuro.
    Portanto amigos rubronegros, o passado “PASSOU”.
    Vamos sim estimular o presente e fazer correr em busca da serie “B”e voltar para a serie “A” conquistando grandes titulos.
    Sempre vou ter a esperança de ver meu clube DEMOCRATICO, TRASNPARENTE, PROFISSIONAL, E ATENDA AOS APELOS DO TORCEDOR QUE ANTES DE TUDO É CIDADÃO.
    A ESCOLA DA VIDA TÁ AÍ PARA ENSINAR SEMPRE.
    Abraços.

  24. Armando Says:

    Rapaz, adorei o texto. Mto bom mesmo. Acabei de ler e me emocionei. Sacanagem o que fizeram o cara, como eu gostria que ele ficasse em meu Vitória até mesmo depois de abandonar o futebol. Parabens pelo texto, e parabens grande VIAFRA. Nunca vou esquecer a sua passagem em meu time. Boa sorte e que DEUS sempre lhe abencoe.

  25. julian ramiro viafara mesa Says:

    MEUS CAROS,
    SO TENHO QUE AGRADECER E ME DISCULPAR POR ALGUNS MOMENTOS AONDE FIZ SUFRIR E ENTRISTECER TODA UMA NAÇAO.
    PEÇO QUE NAO ABANDONEMOS ESSE ANO AO TIME,ELES VAO PRECISAR MUITO DE NOSSO APOIO COMO TORCEDORES.ESTA MAS QUE COMPROVADO QUE A FORÇA DE NOSSA TORCIDA QUE FAZ A DIFERENCIA.
    VAMOS A ENXER ESSE ATLETAS DE CONFIANÇA,SEGURIDAD PARA QUE ASSIM CONSIGAM DESENVOLVER SEU TRABALHO.

    MUITO OBRIGADO MSM POR TUDO,QUERIA TER LHE DADO TANTAS GLORIAS E COLOCARA AO NSSO CLUBE LA ENCIMA NO TOPO DE TUDO.

    VOU EMBORA SEM MAGUAS,SEM RENCOR,SO COM A DOR DE NO VESTIR MAS O MANTO E NAO SENTIR MAS ESSA EMOÇAO DE ENTRAR NO CAMPO DO BARRADAO.

    MAS UM TEXTO MARAVILHOSO FRANCIEL, VC EH UM PUTAS DE UM CARA,ADMIRO A MANEIRA Q VC VE E RELATA AS COISAS.

    18h10 ,17/05/08 COMENÇO E CURIOSAMANTE 14h53 17/05/11 TERMINO.

    • Nilvaldo Says:

      Viáfara, estamos aguardando o seu retorno. Queremos vê-lo como presidente do E.C.Vitória. Uma pessoa que é ao mesmo tempo um “grande ídolo” somado a um “grande e apaixonado torcedor” é o que estamos aguardando para sermos campeões brasileiros da série A.

  26. Camila Says:

    Viafara vc faz parte da bbhistoria do Vitoria! vc sempre estara nos nossos coracoes!!
    boa sorte!!

  27. Camila Says:

    saiu errado. vc sempre fara parte da historia do Vitoria!

  28. moises sales Says:

    boa sorte viáfara, os ídolos são eternos: vc no gol, vanderson na contenção, mario sérgio (porra, fui longe…) e ramon regendo o meio de campo e ricky brocando. a nação rubro-negra não tem como lhe agradecer! boa sorte mesmo, cara!!

  29. vilma lisboa de carvalho Says:

    O Vitória sempre será vitorioso . VILMA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: