UM HOMEM DE SORTE

Por conta de minha pouca intimidade perante as coisas sobrenaturais, nunca consegui  determinar ao certo se alguns escapolem do iminente esparro por intuição, sexto sentido, corpo fechado ou algo que o valha. E pouco importa. O fato é que a história da humanidade está repleta de histórias de pessoas que escaparam por um triz. A propósito, Falcão (não o vice, mas o filósofo cearense) já ensinava que é melhor escapar fedendo do que morrer cheiroso. Como exemplo, destaco a história do consultor de empresas Wellington Pípolos, que já se livrou de dois acidentes aéreos seguidos, conforme vocês podem conferir NESTE LINQUE AQUI, Ó

Ai, meu Pai Eterno, o homem endoidou de vez. Que diabos queda de avião tem a ver com os problemas do Vitória? Deus é mais”, rebarbou logo a moça do shortinho Gerasamba,  vestida numa indumentária tão apertada quanto à dos árbitros aprendizes de feiticeiros que trabalham para ressuscitar o defunto de Dias D’Ávila neste inescrupuloso Valerão/2011.

Mas, derivo.

Porém, decidi que ia falar sobre pessoas com sorte e nada vai me desviar do caminho, nem mesmo os larápios de preto e seus shortinhos acochados.

O seguinte foi este. No último final de semana, havia combinado com meu amigo João Carlos Sampaio, torcedor do Vitória e crítico de cinema do Jornal A Tarde nas horas vagas, que acompanharíamos in loco a peleja entre Vitória x Camaçari.  Acontece que na noite de sábado, o referido cinesmástico encarcou o queixo na canjebrina sem dó nem piedade. Com a ressaca dos seiscentos, acabou se livrando da viagem e de presenciar mais um jogo medonho. E melhor. Livrou-se também de acompanhar mais um capítulo da tragicômica novela envolvendo Lucas Nania.

Realmente, João é um abençoado.

Já este pobre locutor, que nunca é bafejado pela sorte, foi obrigado a suportar um plantão muito rigoroso.

Tudo começou logo na saída. Peguei carona com o menino Zainildo Pinto, que entende tanto de tráfego quanto Antônio Lopes de sistema tático. Assim, completamente desorientado, ele percorreu oito cidades da Região Metropolitana antes de chegar a Camaça City. E encarei tudo isso com o auxílio luxuoso da resenhas esportivas da Bahia.

Ô grória!!!

E, no percurso, ouvia o técnico do Vitória dizer coisas maizomenos assim: “”Eu acho que o gringo não é meia, não. Pelo que eu tenho visto nos treinos, ele é atacante. Não tem característica de meia, não marca nada, não cerca, não tem força nenhuma para marcar. Tô QUASE convicto de que ele é atacante”.

É graça uma porra desta?  O cara tá treinando há mais de 60 dias, e só agora o técnico está ‘QUASE’ convicto de que ele é atacante. Daqui a mais um dois meses, vai descobrir que nem argentino ele é. Aliás, reparando bem, Lucas Nania tem nome e nariz de boliviano.

Olhe, me deixe, viu Varela. Só tomando um caldo de cana contaminado para aguentar esta chibança.

Porém, como queimação de filme pouca é bobagem, Antônio Lopes ainda largou a seguinte. “O problema é que ele tem passe curto, finaliza pouco e não é agudo”.

Que beleza, né não?  Digam se não é uma maravilha ver uma das principais contratações da diretoria ser tratada assim pelo técnico. Aliás, não só pelo técnico. Durante o pouco tempo em que esteve em campo, o argentino (ou boliviano, sei lá) foi claramente boicotado por seus colegas. Quem conhece um pouco de futebol, viu que os jogadores estavam, no mínimo, com má vontade em relação ao rapaz. Praticamente, ninguém jogou com ele.

Mas, tá tudo certo. Apesar de Antônio Lopes não ter nos livrado do rebaixamento, de cair na primeira fase da Copa do Brasil, de não conseguir dar uma mínima organização tática ao time depois de mais de um século, ele comanda (?) a equipe que é líder do poderoso campeonato baiano  e não vai perder o emprego tão cedo – a não ser que uma tragédia maior do que a queda de aviões se abata sobre o Leão (bato na madeira 826 vezes).

Realmente, eis aí mais um homem de sorte.

 

Anúncios

13 Respostas to “UM HOMEM DE SORTE”

  1. Borba Says:

    Mas e o boliviano (ou argentino), jogou bem ou não?

    Me diga você, Franciel, que percebe a qualidade do xibungo no ”arriar das malas” (é isso mesmo?).

  2. Eduardo Says:

    Isso é uma piada!Depois de 2 meses e ainda não sabem qual a posição do rapaz.Se com todo esse tempo ainda não sabem,não adiantava videos com jogos do Nania.Não ia dar tempo!Então foi o jeito pensar assim:” A gente traz,depois a gente vê!”.
    Brincadeira!

  3. SIDINEI LIMA COSTA Says:

    Senhores, foi divulgado no sitio ecv 1899 o acordo e assinatura contratual entre ECV 1899 e a “angélica” Globossaura, esta foi a melhor decisao para o nosso ECV 1899? é hora de debetarmos sobre o fato e cobrarmos da diretoria esclarecimentos e divulgação dos valores…

    • Anrafel Says:

      Que coisa grosseira essa tentativa de estelionato entre alguns times e a Grobo. Clubes com milhões de torcedores, milhares de sócios, centenas de empregados, conselhos fiscal e deliberativo e vem meia-dúzia de cartolas e firma acordo com a maior rede de TV do país e não divulga os números. Como são largas as gargantas dos torcedores e dos jornalistas do futebol!

      Uma coisa é certa: os valores são insuficientes para o que representam os clubes, mas satisfatórios para a emissora e altamente satisfatórios para as convenências pessoais-financeiras dos dirigentes e seus procuradores.

      Os caras tratam os times como sua farmácia ou sua quitanda e não como executivos de instituições que labutam com algo que tem o maior poder de mobilização popular no Brasil. Daí que, entra e sai ano, e os clubes, mesmo com verbas da TV e dos patrocinadores, continuam na merda, continuam como grandes devedores da Previdência.

      Dizem que a TV Globo reservou 400 milhões para o Brasileiro. Desse valor, 100 já teriam ido para o Corinthians, outros 100 irão para o Flamengo e os restantes 200 para o resto. Sendo assim, imaginem o que caberá para Vitória e Bahia.

      • Anrafel Says:

        Esses valores aí, 400 e 100 milhões, não são certos e sim frutos de suposições. Falam em 80 e até 50 milhões para Flamengo e Corinhthians – o certo é que esses dois levarão a maior parte do butim.

        Mas tem também um outro aspecto perigosíssimo da chibança, que é a Record ganhar a parada e resolver fazer cobertura de futebol do mesmo jeito que ela faz novela (periga Varela passar a ser comentarista nacional) ou a RedeTV levar e fazer futebol do mesmo jeito que ela faz qualquer coisa.

        Ou seja, estamos cercados, sem víveres e sem comunicações.

  4. Anrafel Says:

    A estética feiraguay está desgraçando com tudo. Antigamente confundíamos bolivianos, peruanos e equatorianos, já que era tudo japonês. Agora vem um argentino com cara de boliviano, certamente à revelia do Ministério da Pureza Racial dos hermanos.

    Mas, como mais ou menos disse o post, às vezes o sujeito atira no que viu e acerta no que não viu. Quando o policial Antonio Lopes dignou-se a elaborar um tratado futebolistico, na verdade flagrou e denunciou mais umas das zilhares de armações e contravenções entre empresários e dirigentes.

    • Anrafel Says:

      De qualquer forma, é melhor um argentino com cara de boliviano do que um boliviano com cara de Menem (que a terra lhe seja leve).

  5. Rogério Silveira Says:

    Minha gente, de burro Lopes não tem nada, Aliás acho uma sacanagem isso de avaliar o cara por sua idade. Quer dizer que o sujeito faz 70 anos e desaprende tudo? Esquemas táticos à parte, o sujeito é macaco véio. Não gostou do futebol do gringo(e na certa a diretoria quer empurrá-lo goela abaixo, exatamente como sempre fazem em relação aos torcedores) e então Lopes o aceitou no grupo, mas rapidamente “achou” a “real” posição do gringo, visando justamente não aproveitá-lo. Salários em dia para todos? Claro, a razão de existir de um clube de futebol não é ganhar títulos, é pagar em dia e só isso.

  6. Logan Says:

    Se o cara não serve nem pra defesa nem pro meio nem pro ataque, não tinha que estar no time, porra.

  7. Juvenal Says:

    Deixa pelo menos o cara jogar uma partida inteira pra ver colé a dele.

  8. Teresa Ribeiro Says:

    Oi Franciel,
    Fui ao jogo em Camaçari e, voltando para casa, ouvindo as explicações de Lopes, fiquei mais desanimada do que já estou com o clube. Primeiro, em relação ao caso Bida. Será que os caras não perceberam que a torcida reagiria daquela forma? Não teria sido melhor vendê-lo ou emprestá-lo assim que ele demonstrou vontade de sair? Será que o jogador precisava passar por aquele vexame? Será que apenas eu fiquei constrangida e decepcionada com a torcida chamando um jogador nosso de FDP? Não seria um comportamento mais digno levar uma faixa pedindo a saída dele?
    A torcida, agora, resolveu que vaiar os jogadores é a solução. Não sei se estou certa (talvez não esteja, mesmo), mas não consigo vaiar um jogador do meu time, durante o jogo.
    Depois do jogo, ou no intervalo, a torcida pode – e deve – se manifestar, mas alguém realmente acha que vaiar um jogador durante a partida vai fazer com que ele jogue melhor?
    Quanto às declarações de Lopes em relação ao argentino, só posso dizer que fiquei com uma pulga atrás da orelha.
    Pela primeira vez, ouvi um técnico esculhambar um jogador que acaba de estrear. Normalmente, ouve-se a explicação de que o cara ainda está se adaptando, é o primeiro jogo, etc.
    Lopes disse que ele só joga para os lados, mas no jogo de ontem, no Barradão, não vi ningém, exceto Nino, jogando prá frente. Tinha sempre aquele toque a mais, sempre para o lado.
    Ele falou que o gringo só dá toque curto. Será que isso é, necessariamente, um pecado? Afinal, o time adora dar chutões que não resultam em nada.
    Depois, ele falou que “Naninha” não é agudo. Bom, confesso que, quanto a isso, eu não tenho nada a declarar.
    abs

  9. Anrafel Says:

    Se ele continuar com essa história de falta de agudo, logo logo a torcida vai partir com baixo (calão) pra cima do puliça.

  10. Kant Says:

    Perdendo o baiano, ele sai. Ele sai! Ele sai!

    Abrçs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: