A TARDE DOS RENEGADOS

Antes de tudo e de mais nada, aviso à praça: Os que vieram aqui achando que tripudiarei sobre o cadáver da equipe de Dias Dávila, favor voltar outro dia. Aquele timeco da Região Metropolitana de Salvador é tão fraco que não merece nem gozação.

Bom, feito o alerta, passemos agora à mais esperada e abalizada resenha do Norte, Nordeste e Centro-Oeste de Amaralina e adjacências.

Seguinte. A verdade que salva e liberta é uma só. Antes de começar a peleja, existiam muitas desconfianças na região do Santuário Ecológico, Parque Socioambiental Manoel Barradas, o Monumental Barradão. Para ser exato, existiam SEIS desconfianças. Afinal, os Rubro-Negros estavam injuriados (não sem razão) com estas peças que, por ironia, mostraram-se fundamentais.

Antes do jogo, porém, como já disse e repito, havia um ódio dos seiscentos. A ira maior era destinada ao atacante Neto (recuso-me a chamá-lo de baiano enquanto o referido não se retratar das bobagens que disse e fez. E isso só acontecerá quando conseguir meter (lá ele) 128 gols nas injúrias da RMS).

Outra peça do ataque que a galera não perdoava era Elkesson, numa implicância ancestral e algumas vezes injusta. E, fechando a linha de frente, a galera zombava de Rildo, fazendo trocadilhos sem graça, como costumam ser as referidas paronomásias (recebam, fariseus, uma paronomásia na titela).

Pois muito bem.

Foram exatamente estes três, nesta ordem, que balançaram o barbante. (É minha comadre, a ironia no futebol é igual ao ano de 1968: nunca termina).

Além destes, a torcida torcia o nariz para Bida, que até então jogava com uma preguiça de fazer inveja a Dorival Caymmi, e também olhava de soslaio para o menino Léo. Este nem tanto por causa do futebol, mas sim por causa das, digamos assim, indumentárias. “Porra de jogar bola com chuteira colorida!”, bradava a moça do shortinho Gerasamba, que ontem estava mais empetecada do que os antigos jegues da lavagem do Bonfim.

Mas, derivo.

O fato é que Bida fez uma partida irrepreensível, jogando com uma devoção de causar comoção até nos mais céticos. E o lateral Léo (ala é a puta que o pariu!) praticou em alto nível. Isso na segunda etapa, porque o primeiro tempo, amigos, vou lhes contar, lembrou-me de um jogo entre Estrela de Março x Redenção de Brotas que assisti em 1983.

Porém, derivo novamente e a galera Rubro-Negra, que além de culta é especialista em matemática aplicada ao Ludopédio, deve estar questionando: “O senhor falou em SEIS peças, mas só citou cinco”.

É verdade. E fiz isso porque a modéstia me impede de dizer que o último e fundamental elemento para o triunfo de domingo foi exatamente este rouco e chibante locutor.

Como assim?

O fato é que, por conta da ausência nesta intimorata tribuna, a torcida não fazia mais fé nas minhas orientações. Porém, desde cedo comecei a gargarejar o cepacol e fui a campo, ou melhor, às arquibancadas, confiante da vitória. Tao confiante que fiz o seguinte desafio à menina Larissa Dantas.

“Se, com minhas orientações hoje, o Vitória não meter pelo menos três nas injúrias, vou me embora de Salvador e pedirei asilo político em Sergipe”.

E foi assim que este renegado também contribuiu para a chibança.

É mentira, Terta, digo, é mentira Lari?

P.S Infelizmente, nem tudo foi alegria no domingo. Um bocado de menino amarelo criado com vó queria estragar a festa, brincando de brigar. Não consigo entender como é que com mulher como a porra na cidade, eles ficam se agarrando com homem. Das duas, três: ou são viados, malucos ou acumulam.

Para estes renegados, não há perdão. Só borracha, porque cadeia relaxa.

Anúncios

30 Respostas to “A TARDE DOS RENEGADOS”

  1. Marcio Melo Says:

    Velho, você não pode parar nunca de escrever, estou gargalhando aqui ainda. Mais um belo texto.

    E sim, a preguiça de Bida tava causando mesmo inveja a Caymmi!

  2. Carnaúba Says:

    Cara,

    Apesar de tricolor, tenho que admitir a qualidade carregada de extremo bom humor dos seus textos.

    Realmente, deixei de ir ao Barradão por causa dos retardados dos dois lados e a forma indelicada como sua diretoria tem nos tratado. A magia do Ba-Vi acabou. É só esperar em Pituaçu que a liberdade de comprar o ingresso e torcer para o contrário será cerceada da mesma forma.

    Que saudades da Fonte e o caminhar lado a lado, bebendo uma geladinha e fazendo aquela gozação sadia com o outro.

    Agora, só restam alguns imbecis. Meninos metidos a homem, usando um uniforme para camuflar a covardia e falta de tesão por mulher.

    Quanto ao jogo, só resta agradecer pelos 3X0. Tabu mantido e alguns obtusos estariam hoje a achar o Bahia o melhor da galáxia. A ficha caiu para alívio dos que conhecem um pouco de futebol.

    Saudações Bi-campeães brasileiras!

  3. Dalmo Carrera Says:

    Bastou uma vitória simples sobre um time formado por adolescentes, alguns ainda sem idade para assistir um filme adulto, outros com total desconhecimento de qual é a serventia de um prestobarba amarelo, para Franciel Cruz abandonar o quartel de amaralina, onde estava asilado por determinação expressa do coronel comandante do exercito goianiense, o senhor René Simões (ainda sediado em Goiânia) para atirar pedras e ao mesmo tempo, menosprezar o glorioso Bi-Campeão Brasileiro, o Esporte Clube Bahia, e para completar o reaparecimento, resolveu negar tudo, o que disse ontem, ao fazer elogios ao volante Bida, aquele mesmo, que um dia, foi por ele promovido para a condição de chefe de penteado das redes de salão de beleza Jacques Janine.

    Franciel Cruz, Os today de hoje dia estão potencializado com química de engorda de galinha, portanto, dia 22 de Fevereiro, lá em Pituaçu, os meninos já estarão crescidos e será um novo dia.

    Agora sério.

    Forte abraço e tenha um bom dia!

    • Juvenal Says:

      falou bichona!

    • Roger Says:

      Dalmo, a quem você tenta enganar?! O Vitória jogou com um atleta menor púbere, Romário – 17 anos -, com outros jogadores bastante novos como Léo – 19 -, Junior Timbó, Elkesson e Rildo, no entanto você vem aqui dizer que o Bahia estava com um time de adolescentes?! Que desculpinha fulera!!! Vá chorar em outro lugar e deixe de sofismas!!!

      • Dalmo Carrera Says:

        Brincadeiras Roger, a Vitória rubro-negra foi inquestionável em todos os aspectos, acontece, que sem se alternativa ou explicação para goleada, optei pelo pretexto da desculpa do uso e abuso de meninos amarelos envergando uma camisa azul vermelha branca. Quem leva de três tem só tem duas opção, ou chora ou ri de si mesmo, marquei X na segunda alternativa, por acreditar ser a forma menos dolorida para se administrar uma derrota como aquela. Foi isto Roger.

      • Roger Says:

        Dalmo Carrera – http://www.futebolbahiano.com
        Franciel – aqui e no http://www.canalecvitoria.com.br
        E a melhor blogueira do Vitória está na globo.com, Larissa Dantas.
        Pra quem quer saber mais notícias do Vitória e ler bons textos, eis as opções!

  4. snowman Says:

    Ê, seu Francis, quando não escreves a resenha esportiva baiana, quiça nacional, fica muito mais pobre.
    Parabéns. Sempre.
    P.S. Como é fraquinho nosso amigo Rildo, mas aqueles dois zagueiros do Bahia me lembraram figuras já folclóricas do nosso futebol: Néo e Rubão. Sem troco.
    Abraços.

    • Cléber Lopes Says:

      E blog de Fábio? Brigou com ele também?

    • Dalmo Carrera Says:

      André, você como Franciel fazem falta ao mundo inteligente da Internet. A ressaca de Franciel creio ter passado, estou torcendo para que você tome o mesmo caminho.

      • snowman Says:

        Dalmo, meu bom amigo, a decepção com o Vitória desde o início do ano passado foi grande, mas isso passa. Porém, como já te disse particularmente, não é o Vitória que está me afastando do mundo do futebol, mas sim o mundo do futebol que está me afastando do Vitória.
        Li (não sei se é um número real) que o futebol movimenta 0,8% do PIB mundial e, sinceramente, aqui no Brasil, principalmente na Bahia, recebemos muito pouco de volta…
        Não consigo imaginar pagar R$ 50,00 para “apreciar” Tite e Luisão…
        Abraços.

  5. Mateus Borba Says:

    Achei que o último seria Alisson. Partida perfeita.

    Pois você volte, afinal estamos carentes da melhor resenha do norte e nordeste de Amaralina, sobre o melhor campeonato de futebol do mundo.

  6. Leão Says:

    Isso aí, ótima coluna!

    Pena é que Rogério Lourenço caiu, o timeco de Itinga, dos incolores sofredores, vinha muito bem rumo à segundona do estadual, lugar do nível deles.
    “Tu ta ta, tutu tarará, 7 anos pra subir, 7 meses pra voltar!” Esse é o lema do ex-quadrão, time de lata, afinal “superman ficou fraco”, como já diz o cancioneiro popular.

  7. Tweets that mention A TARDE DOS RENEGADOS « Victoria Quae Sera Tamen -- Topsy.com Says:

    […] This post was mentioned on Twitter by André Uzeda, Felipe, Mateus Borba, Franciel Cruz, Daniela Luciana and others. Daniela Luciana said: Bom Dia! Comecei a terça me acabando de rir com esse texto tão rico em imagens que parecia jegue na Lavagem do Bonfim http://migre.me/3PRCO […]

  8. Renato K. Says:

    Hey, hey, hey, Franciel é o maior!

  9. Logan Says:

    Boa seo françuel, belo texto e bela entrevista na Metrópole!

  10. Renan Diego Says:

    Que em um Ba-Vi se esquece de quase tudo isso é fato, mas meu perdão para o tal Neto após o que ele falou ja é demais.
    vc diz que é um jornalista que não exerce a profissão, mas quando vejo esses textos seus discordo plenamente

  11. Lionel Leal Says:

    Verdade, também fui alvo do mencionado desafio.

    Só acho que o jahia não merece que você gaste palavras como “paronomásia” e “titela”. Aquelas injúrias não merecem um vocabulário rebuscado como esse não.

  12. eliezer Says:

    podem curtir á vontade, porque quem rir por ultimo rir melhor

  13. eliezer Says:

    time de segunda divisão não tem moral para curtir com o bi campeão brasileiro

  14. Fabio Monteiro Says:

    Que bom ver que vc não acabou com o blog depois do MSMV. Tava com saudade de seus textos.

  15. canijah de moreré Says:

    Rapaz, no dia 20 teremos riplei, com direito a olé!!!!!! E o time da RMS é falsificado de seri A. Até a cor da camisa combina: vermelho chinês e azulvermelhoebranco paraguaio.
    Na ressurreição dos blogueiros só falta Mestre Caluca.

  16. Duilio Camardelli Says:

    Bom dia seu Francuel, tá demais em rapaz, depois que falou na rádio, a audiencia do MSMV bombou, não esqueça de deixar minha vaguinha, pois não abro mão.
    Quero estar em 2014 como comentarista da COPA PELO SITE DO SOMOSMAISVITÓRIA, SEGURE A CABECITA DE LA MADRE E CHORE.
    Abraços.

  17. Iuri Brito Says:

    De fude, apesar de não saber o que é e nem o que significa paronomásia e nem titela, e de não lembrar qual foi mesmo o placar de Estrela de Março x Redenção de Brotas de 1983.

  18. Betania Says:

    Rapaz,

    Nunca vi nenhum “ex-Bahia” e nem eu seria a primeira a fazer isso por conta de belas palavras…
    Os textos são são massa.
    Por uma paga considerável, o Sr. não faria o mesmo pela Turma Tricolor?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: