Testosterona e Eterno Retorno

No sábado à noite, logo após a peleja contra o flamengo, quando o Vitória levou dois gols absolutamente imbecis, lembrei-me imediatamente do seguinte e longo depoimento enviado por um médico, torcedor do Vitória, que tentarei resumir aqui.

“Nosso Clube precisa de um novo comando, de pessoas que saibam o tamanho e, principalmente, o potencial do Vitória. Não é possível continuar com as vacilações e o “complexo de vira latas” tão bem colocado pelo Nelson Rodrigues, pois tudo isto se reflete em campo. O outro time percebe e vai para cima. Falo como médico, como interessado em comportamento humano. O nível de testosterona (hormônio masculino da agressividade, coragem e força muscular) é produzido quando há “confiança” e gera um ciclo virtuoso confiança —> testosterona —>confiança, resultando força extra, tão necessária em esporte de alto nível. A diferença entre ganhar e perder é milimétrica. Um chute no final do jogo, que daria o título, depende de precisão. Imagine um pé batendo na bola um centímetro fora do lugar (parece pouco), mas o resultado é um metro de erro no alvo da bola. Uma arrancada com força faz o cara ganhar do zagueiro e tocar na bola fração de segundos antes, assim como o zagueiro chegar antes depende da confiança.E a confiança dentro de campo também é reflexo do que é transmitido pelos comandantes…”.

Pois muito bem.

No início da tarde de ontem, logo após o anúncio de que Ricardo Silva ia comandar novamente o Vitória, lembrei-me do seguinte trecho de Gaia Ciência, do filósofo Friedrich Nietzsche. Ouçam.

“E se um dia ou uma noite um demônio se esgueirasse em tua mais solitária solidão e te dissesse: ‘Esta vida, assim como tu vives agora e como a viveste, terás de vivê-la ainda uma vez e ainda inúmeras vezes: e não haverá nela nada de novo, cada dor e cada prazer e cada pensamento e suspiro e tudo o que há de indivisivelmente pequeno e de grande em tua vida há de te retornar, e tudo na mesma ordem e seqüência…”’.

Por tudo isso, decidi que não faria uma crônica sobre o último jogo do Rubro-Negro nem apelaria aos sábios conselhos da menina do Shortinho Gerasamba.

Hoje, faço apenas fazer uma pergunta: Queremos mesmo viver neste eterno retorno, nesta boréstia macunaímica, ou chegou o momento de usarmos a gloriosa testosterona para darmos um passo adiante?

P.S Tem texto novo no WWW.SOMOSMAISVITORIA.COM.BR

Anúncios

10 Respostas to “Testosterona e Eterno Retorno”

  1. Paulo Says:

    Entrei no blog para ver seu texto, como de praxe, e vi que estava menor do que o habitual. Pensei que fosse falar mais da mais nova atitude amadora de nossa diretoria mas aí me lembrei do que senti quando vi essa notícia ontem: DESÂNIMO. Mas o desânimo faz lembrar que se queremos que algo mude, NÓS mesmos temos que fazer mudar. MOVIMENTO SOMOS MAIS VITÓRIA – PELA DEMOCRATIZAÇÃO DO ESPORTE CLUBE VITÓRIA!!!!!!!

  2. Logan Says:

    Prefiro um passo á frente do que andar pro lado como a diretoria vem fazendo nos ultimos 2 anos.

  3. Albenes Says:

    À beira do abismo, a única forma de andar para frente é dando um passo atrás.

  4. borba Says:

    Vamo que vamo.

  5. Maurição do Vit Says:

    Só tem uma opção? não entendi, se não for Cerezo não tem outro tecnico , tinha que voltar Rs, Alexi Portela esta errando demais esta na hora de sair.

  6. Ivan Machado Says:

    Cade a coragem de contratar um medalhão?! Arrancar Felipão do Palmeiras ou Luxemburgo do Galo!?!

    Cade a coragem?!?!

  7. L.Ano Says:

    O bahia vai lançar o filme Soberano, sobre suas recentes participações no Brasileirão.
    Nelas, ele ficou só berano a zona de classificação e não foi pra Série A.

  8. Anrafel Says:

    E os ingressos, hein? O faturamento com a majoração dá pra pagar a multa?

    Estaríamos adentrando o perigoso terreno da chacota ou incompetência, teu nome é … ?

  9. Maurição do Vit Says:

    QUERIA FAZER UMA DENUNCIA IMPORTANTISSIMA:

    ESSA MUSA DO VITÓRIA DA GLOBO NÃO É E NUNCA FOI TORCEDORA DO VITÓRIA, NÃO SABE DIZER UM NOME DE UM JOGADOR DO VITÓRIA, VAMOS PASSAR VERGONHA EM REDE NACIONAL, TA AVISADO, ALEM DE TER UMA LAPA DE NARIZ, QUE BADEGA HORROROSA.

  10. Silas Lopes Says:

    Prezados, eu insisto em cantar diferente do que ouvi, como faria Oswaldo Montenegro. Não acho Ricardo Silva um mau negócio e penso que não há fartura de bons nomes disponíveis nesse Brasil afora. Reclamo apenas um pouco de calma e planejamento, já que não se faz futebol profissional de outro jeito.
    O nosso povo se aviva através de símbolos e eu acho que a campanha pela participação democrática da torcida na gestão do clube precisa de ser simbolizada com mais força, a fim de estabelecer alguma coesão entre a torcida. Acho que é uma boa hora pra se levar o movimento e a consequente discussão pra imprensa e começar a botar medo nos senhores Silvoney Salles e o emérito José Rocha, presidentes do conselho deliberativo e mandatários eternos do poder rubro-negro.
    Quanto à, menina musa, prezado sr. “Maurição do Vit”, não a conheço nem nunca a tinha visto. Pode ter lá seu um quilo de defeitos, mas ninguem negue que a moça tem sua serventia. Narizes à parte, tem um belo corpo. A propósito, como que se escolheu, esse ano, a musa do time ?
    Finalizo a ponderação com mais um reclame: Não faz nenhum sentido jogar pedra nos meninos da base, patrimônio do clube, cada vez que as coisas dão errado. Contra o Ceará, Leo ficou nervoso; Elkesson fez sua pior partida na vida e Anderson Martins errou muito, mas nada disso justifica a vaia antes do fim do jogo, até porque são excelentes jogadores que a imprensa daqui só vai descobrir o talento quando os virmos na Europa, coisa que não tarda. Por essas e outras a gente tem que ficar se roendo de raiva de um cleber machado que abre a boca pra elogiar esse novato Hulk, “revelado em portugal”, ou o Alex Silva “que começou no São Paulo”, ou ainda, o David Luiz, “que nunca teve destaque no Brasil e aproveitou a chance no futebol português”. Se a gente não valoriza o que é nosso, ninguem vai lembrar de quem é. Dai a César o que é de César, po… os caras tem dias de cão, mas tem tambem talento de sobra.

    Abraços e SRN.
    Silas Lopes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: