VÁ MATAR A MÃE DO DEMÔNHO (Cap. 2)

Às vezes, nos encontramos diante de um quadro de calamidade tão horrível que chegamos até a ficar alegres, pois temos a certeza de que a partir daquele momento não há mais possibilidade de piorar. Porém, existem situações em que o fundo do poço parece ser composto de areia movediça. A queda, igual àquele ano de 1968, nunca termina.

E assim foi naquele deprimente domingo.

Em respeito à verdade, a chibança começou bem antes, exatamente no dia 10 de fevereiro. Nesta referida data, o PSV da Holanda publicou em seu site oficial que faria dois amistosos no Brasil, contra equipes nordestinas: O FC Ceará e o esporte clube itinga (deixa em caixa baixa, maestro). No mesmo texto havia a informação de que as equipes gaúchas, Grêmio e Internacional, foram convidadas, mas preferiram não participar desta festa estranha com gente esquisita, conforme vocês podem conferir clicando neste LINQUE AQUI

Pois muito bem.

O tempo passa, voa, a poupança Bamerindus se fode toda e o Esporte Clube Vitória não perde a estranha mania de, nas coisas mais bizarras, querer competir com os finados da periferia de Lauro de Freitas. Parece um carma. Se um dia as injúrias anunciarem que vão visitar o satanás, o Rubro-Negro sai correndo para logo em seguida também querer se abraçar com o Cão. DEUS É MAIS!

E foi assim que, sem maiores explicações, o Leão decidiu realizar aquele que se transformou num dos mais constrangedores eventos na história do brioso bairro de Canabrava e adjacências.  Leiam o texto publicado no dia 31 de março no blog do criterioso Lucas Serra. “Perguntado se o Vitória tinha dado ‘1 a 0’ no Bahia, Carlos Falcão disse que desconhecia como foi a negociação do Bahia e o PSV, apenas que tinha visto a notícia na imprensa. O Leão foi procurado por um investidor e aceitou o amistoso”.
       
É isso aí. Pau que nasce torto vira berimbau.

A partir de então, ficou evidenciado que as coisas realmente foram concebidas de forma intra femural, isto é: nas coxas. Portanto, tinha tudo para dar tchutcho. E nem foi por falta de aviso. No próprio blog do marquentigue os torcedores alertavam. Ouçam trecho de uma mensagem publicada no dia 7 de maio, assinada por Orolix: “Eu acho que o Vitória tem uma última chance antes de cometer uma das piores besteiras do ano. A torcida quer ir para o jogo contra o PSV mas fica de mãos atadas com essa política de preços…Cada um faz as escolhas que acha que deve. Mas o resultado é previsível”.

Mas, o imprevisível estava à solta. Nem o mais pessimista imaginaria que a chibança ia ser tão ordinária. Nem bem o jogo começa e a disgrama de um locutor, pensando que estava num rodeio em Barretos, começa a azuar meu maltratado juízo mais do que as 14 garrafas de canjebrina que eu tinha acabado de ingerir. E gritava insanamente. “VIIIIIIIIIITOOOOOOOOOOORIIIIIIIIIIIIAAAAAAAAAAAAAAA”.

Até aí, tudo bem. Mas, o desinfeliz, achando que desgraça pouca é bobagem, começou a dizer uma sandice atrás da outra. Quando eu já tava perto de dormir, ele largou a seguinte e precisa informação: “Sai Gabriel e entra o número 14”. Despertei na hora. No entanto, com o sonolento jogo, voltei ao meu estado de hibernação. Porém, assim que o juiz soprou o apito, ele gritou: “Acabou o jogo, galera”. Se o sacana não falasse isso, até agora eu estaria dormindo nas escadas do Santuário.

VÁ MATAR A MÃE DO DEMÔNHO!!!

P.S Rapaiiiz, esta prosa ruim me deu foi sono agora.  Vou dormir. Amanhã, esta horrenda novela terá o capítulo final nesta emissora. Aguardem. Enquanto isso, resta-nos torcer e orar por um resultado positivo lá em Goiânia.

Anúncios

10 Respostas to “VÁ MATAR A MÃE DO DEMÔNHO (Cap. 2)”

  1. Marcio Melo Says:

    Rapaz, eu ainda não vi um ponto positivo nessa chinbança toda. Rapaz, que coisa medonha, que evento ridículo.

    Esse pessoal do Marquetingue só pode estar nos testando, vendo o quanto nossa torcida suporta ser tripudiada, só pode!

  2. Lionel Leal Says:

    Como assim “resta-nos torcer e orar por um resultado positivo lá em Goiânia”?! Franciel, você não vai orientar o time hoje à noite? Que irresponsabilidade é essa?!

  3. Dalmo Carrera Says:

    Franciel aceite um abraço. Creia, dei muitas risadas (bote risada nisso) com seu texto de hoje, ele ultrapassa os limites dos assuntos do seu Vitória. Ouvi o jogo através de uma das emissoras de rádio e quem narrava a partida, também reclamava dos exageros, do serviço de alto-falantes. Quando ao fracasso era realmente previsto, data, preço e a ocasião da comemoração do dias das mães, e todo o foco da imprensa esportiva direcionado para a rodada de abertura do campeonato brasileiro da série A, contribuíram para o fracasso, um fracasso por ser previsível poderia ser evitado.

    Valeu Franciel.

  4. Geraldo Says:

    Franciel, e o pior de tudo é que ninguém desta capacitada diretória veio a publico falar de mais esta besteira que fizeram, na disputa por jogadores esta três a zero pro itinga, tentou Morais, Jael e eles trouxeram isso sem falar no gol contra que foi a contratação de Schencwk que eles queriam e nós contratamos e kd. com estas duas grandes contratações do jahia de feira fica cada vez mais claro que Alex saira mesmo em dezembro e mais normal ainda é ele esta tirarando o dinheiro que colocou no clube desde a série C.

  5. felipe Nogueira Says:

    Seu franciel,
    Seu moço, eu nunca tinha visto uma pegada de ar de v. senhoria que merecesse uma omilia em 3 capítulos. O negócio foi revoltante mesmo. Bote (lá ele) pra escorrer mé.
    SRN

  6. moises Says:

    o mais grave é que o time titular parou de jogar desde a partida contra o vasquinho no monumental barradas, e ainda está dormindo na cama de campeão baiano sem atentar para o que realmente interessa: a copa do brasil, vide o comportamento de ontem diante do rubro-negro dos goiás.

    sinceramente, estamos precisando de um camisa 10 urgente (olha pet aê gente!!) nem que seja para alternar de tempos com nosso reizinho cansado de guerra.

    e também de um segundo homem de ataque para tabelar e finalizar as jogas com o diabo louro que ontem só faltou enfartar, junto com a torcida, com neto-delegado-berola.

    o menino élquisom até que tenta fazer algo mas nitidamente ficou clara a sua falta de maturidade ao pipocar algumas bolas desnecessárias na intermediária do atlético por evidente falta de saber que destino dar à redonda.

    pela primeira vez absolvo nosso técnico que pelo menos não deu uma de professor-pardal, e o estreiante da al..ops..lateral esquerda que finalmente interditou a avenida pimentel.

    vamos orar irmãos, para que o time jogue no monumental com o mesmo sangue nos olhos com que brocou o vasquinho, porque no ritmo das últimas partidas vamos ficar na campanha de 2004 e só.

    amém?

  7. Logan Says:

    O tempo passa, voa, o bamerindus se fode todo e Ricardo Azevedo segue à frente do marketing, segundo alguns radialistas retardados (com o perdão da redundância) trabalhando de graça, e esculhambando com a zorra toda, essa paci~encia de Alexi Portela é impressionante, ou lerdeza mesmo.

  8. Evandro Roman Says:

    Deixem de agonia que o Vice, inédito, da Copa do Brasil está chegando.
    Eu fiz a minha parte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: