Archive for 1 de setembro de 2009

A Rede Globo ainda tem o dom de iludir

setembro 1, 2009

Vocês, crianças, que ainda nem se alistaram no Exército, podem até dizer que eu estou por fora ou então que estou inventaaaando (chupa, Belchior), mas a verdade que salva e liberta é uma só: A Rede Globo, que construiu um império através de tenebrosas transações, ainda tem o dom de iludir.

No último domingo, por exemplo…Aliás, não. Motô, rebobine a fita e volte para o 25 de janeiro do ano da graça de 1984. Pois bem. Nesta dia, o fato mais importante para Pindorama era a movimentação pelas Diretas Já! Ninguém aguentava mais o regime dos milicos. Porém, a emissora dos marinhos, que se criou lambendo botas de generais, inventou que as multidões que se aglomeravam nas ruas estavam comemorando o aniversário de São Paulo – como se a passagem da data natalícia da Província de Piratininga fosse motivo de celebração para alguém. Quem é doidho?

Hômi quá; sinhô, me deixe!

Pois muito bem. Exatos 25 anos depois, a Vênus Platinada usa a mesma e diversionista estratégia, só que numa armação ainda mais criminosa, pois privou boa parte da nação de acompanhar mais um fundamental capítulo de sua sofrida história.

Aos fatos.

Desde o início da semana, a referida TV começou a ludibriar os brasileiros tentando vender a pelada entre São Paulo x Palmeiras como o jogo mais importante da rodada – e quiçá de todo o Sarneyzão/2009. E, na esperança de que isto se tornasse verdade, ficou martelando esta embromação ad nauseam.

Agora, vejam vocês. Como é que duas equipes retranqueiras (não à toa são as defesas menos vazadas da competição) poderiam fazer uma grande partida? Sinceramente, não compreendo como alguns incautos cairam nessa e se prostraram à frente da tela ou nas arquibancadas do Murumbi para assistir àquela ordinária peleja. No entanto, como bem dizia meu finado pai, tem besta pra tudo neste mundo.

O fato, porém, é que não se pode enganar a todos o tempo inteiro. E cerca de oito mil resistentes não comeram este reggae e foram presenciar o melhor jogo do domingão no Santuário Ecológico Manoel Barradas entre Vitória 3 x 3 Cruzeiro.

Amigos, que jogaço!

Não faltou nada. Emoção do início ao fim. E São Pedro, que entende muito de bola, também colaborou, mandando cair uma tempestade dos seiscentos. Sim, ao contrário do que pensam alguns, o aguaçeiro foi fundamental para o excelente espetáculo. Aliás, futebol de verdade deve ser jogado naquelas condições de temperatura e pressão. Afinal, a chuva não atrapalha, mas sim favorece a prática do bom e velho ludopédio. E quando eu digo ludopédio, estou querendo dizer ludopédio com carrinho, cotovelo abrindo caminho, camisa sujas de barro, distribuição farta de cartões, muitos gols e o auxílio luxuoso de um juiz ladrão, que deixou de marcar 18 penaltis para o Vitória.

Amigos, que jogaço!

Não bastasse tudo isso, ainda tivemos aqui em Salvador o lance da professora que protagonizou uma, digamos assim, dança sensual num show de pagode… 

 Opa, derivo. A questão que deve ser repisada é que a Rede Globo ainda tem o poder de iludir. E ela, a Globo, tentará “informar” que na próxima rodada, a 23ª, o jogo mais importante será um Curíntia x Santos ou São Paulo x Cruzeiro. No entanto, torcida brasileira, não se deixe enganar. O verdadeiro pebolismo será praticado no Olímpico, na peleja entre o Brioso Vitória x grêmio. E este rouco locutor estará lá, no pé da obra, para relatar todos os lances – ou pelos menos aqueles que esta cansada e obnubilada (recebam, hereges) visão permitir.

Quem viver, ouvirá.

Anúncios