Um homem chamado Kamikaze

De acordo com o novo pai dos burros, o google, no ano da graça de mil duzentos e lascou a boca, uma ventania divina salvou o Japão. Reza a lenda que o referido país estava prestes a ser invadido quando o tal tufão, chamado kamikaze (kami = deus; kaze = vento), entrou em ação e fez as tropas de Kublai Khan, neto de Gêngis Khan, rebolar e dar uma meia-volta. E quando eu digo Gêngis Khan aqui, hereges, estou falando do guerreiro mongol – e não daquele grupo musical que causou mais devastação do que as sangrentas batalhas da idade média.

Mas, derivo. E derivo muito – até porque os kamikazes que quero usar como ilustração neste início de resenha não têm nada a ver com o tufão, a não ser o fato da ascendência japonesa. Porém, o dado concreto é que nunca consegui ver nenhuma nobreza naqueles pilotos que se jogavam em cima dos navios aliados na época da 2ª Guerra.

Que idéia da porra é aquela?

Os suicidas muçulmanos, que se matam por causas malucas, eu até entendo, pois têm a promessa de 70 virgens no céu islâmico (aí, até eu), mas os japas se lenharem em nome da pátria, sem nenhuma virgenzinha de troco, francamente.

Pois muito bem.

O comportamento de Paulo César Carpegiani parece ser inspirado nos nipônicos. Que vocação para o masoquismo dos seiscentos. E a troco de quê? De nada, só de uma metafísica do vazio. E nem vou relembrar todas as barbeiragens do cidadão, como a constante desqualificação do elenco, para não cansar o leitor. Lembro apenas que toda vez que as coisas começavam a entrar nos eixos, ele dava um jeito de realizar uma invenção, uma tática suicida tal e qual os pilotos japoneses. Não foi à toa que em menos de quatro meses o time caiu de quatro três vezes, coisa que não ocorreu nenhuma vez no ano passado. Kamikaze no dos outros é refresco.

E esta vocação para a (auto) sabotagem ficou clara no jogo contra o Fluminense, ontem no Santuário. Ao contrário das três últimas partidas, quando reincorporou o Professor Experimentalgiani, ontem ele voltou a botar cada qual no seu cada um. E o time novamente voltou a corresponder. Meteu 1 x 0 e criou algumas outras chances. Inclusive, na primeira etapa, o tricolor carioca conseguiu dar apenas um chute a gol. É vero que exatamente nesta única oportunidade a criança foi balançar as redes, numa braga monstra da zaga. Mas acontece.

O que não poderia acontecer foi o que ele fez na segunda etapa. Exatamente no melhor momento do time, que havia acabado de empatar o jogo, ele retira Willian, melhor jogador em campo, para colocar um sujeito que nem ouso mais citar o nome aqui neste impoluto recinto. Pois bem. Além de perder força ofensiva, o time também caiu no setor de marcação. E, depois desta estratégia kamikaze, a partida transformou-se num teste para cardíacos. Só não fomos derrotados porque, às vezes, acontecem milagres no futebol. E São Gleguer operou uns três.

Aliás, por falar em milagres, vamos às boas-novas. A Diretoria do Vitória finalmente tomou uma decisão sensata: atendeu o desejo do kamikaze e cortou-lhe a cabeça.

Que a terra lhe seja leve.

Anúncios

40 Respostas to “Um homem chamado Kamikaze”

  1. Mateus Borba Says:

    Tenhamos fé.

  2. Renato K. Says:

    Normalmente sou contra demitir o técnico quando o time passa por uma fase ruim – ainda acho que o SP não deveria ter mandado o Muricy ir passear -, mas neste caso tenho que concordar. Não que acompanhe tão de perto a rotina do Vitória, mas é que toda vez que o time tinha um resultado ruim, lá vinha o PCC sentar a ripa no elenco em público. Não tá bom, nego? Vai procurar outro emprego. Isso é assunto pra se resolver dentro de casa, não através da imprensa.
    Parece a tática luxemburguiana (bom dia, neologismo): eu ganhei, nós empatamos, eles perderam.

  3. Lionel Says:

    Se Mancini voltar você não vai mais ter essa preocupação de não ousar citar neste impoluto recinto o nome daquele sujeito.

    Ô Vitória que me mata de raiva. Mas, como todo castigo para corno é pouco, lá vou eu renovar meu SMV.

  4. moises Says:

    tá tudo muito bom, tá tudo muito bem, mas não dá para colocar a culpa só no carpegianni.

    ontem, o que vimos no monumental foi uma verdadeira lição (por parte dos jogadores) de como sabotar uma partida e expor a cabeça do rayban-man.

    se não vinha sendo digno da parte dele expor aquilo que deveria ficar em casa, o comportamento de seus comandados ao longo das, por baixo, quatro últimas partidas não foi nem um pouco legal.

    vamos ver se o grupo se redime deste comportamento que beira sim (apud CARPEGIANNI) a falta de caráter e passam a se portar como homens. é fazer história nesse campeonato “maisoumenos” ou se resignar com a insignificante meiúca da tabela.

    quem viver verá.

    ps: mancini? never more!!

  5. maoguima10 Says:

    Seo Franciel, Carpegiane vestiu o uniforme dos kamikaze para denunciar um jogador que não merecia também? Acho que foi esse o motivo da sabotagem dos jogadores. Foi mal aê, Mas será que ele cometeu suicidio, conforme tenta demonstar, ou a turma cometeu duplo assassinato por dois motivos: quando não conseguiu suportar a imagem de um time que fica pelo caminho sem condições de contratações e quando vai a imprensa jogar isso pra torcida?

    • moises Says:

      pois é maoguima, parece que há muito mais mistérios entre a tribuna de honra e o vestiário do monumental do que pode supor a nossa vã filosofia… agora, é muito complicado entender o que ocorreu a esse mesmo grupo depois daquele assombroso primeiro tempo contra o santos.

      temos um dos times com a menor média de idade do campeonato e, ao mesmo tempo, um bom número de jogadores com experiência para equilibrar esta equação de modo que não é aceitável que antes da metade do campeonato eles já estejam querendo jogar a toalha. SÊO FRANCUEL, EXPLICAÊ PELOAMORDEDEUS!!

    • Franciel Says:

      Maurício,
      ele vestiu o uniforme de Kamikaze quando reabriu o laboratório.
      Quanto ao episódio com Uelliton , ele foi covarde.
      Se ele achava que Uelliton é mau caráter, deveria tirar ele do baba, como Mancini fez com Ramon. E fim de papo. Ficar tergiversando e no jogo seguinte botar o cara de titular mostra que ele era um pulsilânime.
      Agora, coincidência das coincidências, ele começou a esculhambar o elenco exatamente quando recebeu proposta do Flamengo.
      Mas, vida que segue. Motô, toca o bonde.

  6. Quiva Says:

    Assisti a jogos do Vitória comandado por Carpegiane que encheram os olhos, mas, considerando que ele resolveu se indispor com os jogadores exagerando na sinceridade – falta jogadores para formar um bom elenco – não havia outra saída para o bom treinador a não ser a porta da rua.

    Aos jogadores que ficaram resta provar em campo que merecem a confiança da torcida, É HORA DE DAR SANGUE NESSA PORRA!!!

  7. Rodrigo Says:

    Franciel,

    Os golpistas venceram. Malditos golpistas!! Seja como for, acredito que agora venceremos, e bem. Pelo menos o Coritiba, pela Sulamericana.

    PS.: Felizmente tínhamos um infiltrado no meio dos golpistas que acabou evitando o pior.

  8. Dalmo Carrera Says:

    Tentar dizer que houve boicote, corpo mole é a desculpa da desculpa, a questão que não salva muito menos liberta é que, o jogo começou a ficar duro e o time “mágico” passou a fazer água, ou quem sabe, depois do tal freio de arrumação encontrou assento apenas nas poltronas entre o meio e o fim na marinete, geralmente destinadas para aqueles que vão desembarcar na plataforma B. Fico com a uma pena da porra do Quiva e do Evandro Misserento, to sentindo que esse Vitória vai comprometer a festa de natal de 2009 de ambos!

    • Juvenal Says:

      Se doi todo, coitado..

      • Dalmo Carrera Says:

        Lacerda, tenho lido seus comentários, anda furioso, agressivo, sem humor, dando bom dia a jumento, cuspindo pedra, bufando brita, se acalme Lacerda, ninguém tem culpa que você cultivou ilusões, que embarcou num canoa furada, acreditou numa porcaria de time, foi vitima do conto do vigário e agora confrontado com a realidade se tornou este homem assim amargurado e raivoso, mandando as pessoas se saíram de um ambiente que é um mero convidado.

        Se time cair para segunda de divisão, ora que caiu, o que não pode descer é sua classe. Fico até preocupado com você, imagine Lacerda se domingo lá em Goiana, leva de 4 x 0 como levou Avaí e também do Barueri, imagina.? Portanto meu amigo, calma, muitas prece ao bom Jesus de Nazaré para que possa aceitar as novas derrotas com fé e resignação. Estarei rezando por você.

      • Juvenal Says:

        Quem é Lacerda? Seu comedor?
        Meu nome é Juvenal, o Tal, aquele que te da um braço.

        Quanto a ilusões, quem é disso aqui é você. Basta ver seus comentários mediocres e suas investidas nos blogs do Vitória, sempre querendo ganhar a confiança e depois os prejudicar.

        Vá cheirar sua carrera pra lá, maluco.

  9. Fredson Says:

    O pior ainda está por vir: Goiás, no Serra Dourada, proximo domingo!!!!

  10. felipe nogueira Says:

    kkkkkkkk
    franciel,
    Muito bom texto, eu me divirto com suas comaparações e expressões regionais e universais, ficando na imaginação o seu possível sutaque de baiano do interior falando essas palavras.
    Espero que venha um cara de cunhão que não bote a culpa no time pra tirar o seu da reta.
    vitória!

  11. Anrafel Says:

    Os elogios a Leandro Domingues devem ter influenciado negativamente o resto do grupo – jogador de futebol é um invejoso como qualquer outro bípede.

    A defesa tem falhado demais. A indecisão dentro da área no primeiro gol do Fluminense e a má colocação no segundo (minha vó anunciou pouco antes: Conca vai cabecear para Roni) foram apenas dois episódios de muitos.

    E não adianta botar a culpa na pouca idade dos zagueiros. Hoje, os caras quando são promovidos já disputaram meio-mundo de competições, inclusive no estrangeiro. Inexperiência é mais alibi do que argumento (Edinho foi um grande zagueiro desde os 18 anos e Mauro Galvão também o foi até os quase 40).

    A queda de produção do time é o resultado disso e de outros fatores, além de ser normal num campeonato desses. Equipes mais fortes também tiveram o seu desempenho prejudicado, sendo o Inter um exemplo.

    O torcedor tem razão em exigir nada menos que a Libertadores; a diretoria tem obrigação de analisar com frieza e dimensionar as possibilidades, fazer os investimentos ou tentar segurar jogadores importantes até o 31 de agosto.

    O bom dirigente, mesmo sendo torcedor, é aquele que tem os pés no chãos (só os pés, as mãos também, não).

  12. canijah de moreré Says:

    Rapaz, se Mancini vier mesmo pelo menos ele tira Ramon do time.

    Fredsom, quanto é a porra do toca-fitas, mano?

  13. João Says:

    Seu França! Só pra explicar, sou aquele cara que no final do jogo de domingo pediu pra vc reforçar o repúdio contra o tal inominado. Valeu por atender. Mas não acho que mandar PCC tenha sido acertado nem que ele tenha sido o cara a quem faltou pulso pra controlar o interior do clube. Faltou pulso à direção, quer dizer, eles têm mão firme pra impor a escalação de um jogador ou outro de vez em quando, mas não têm pra vetar? PCC muito provavelmente tentou resolver de maneira discreta, digo isso até mesmo pela personalidade que consigo captar pelas suas declarações, no momento que não conseguiu, vendo que ia perder o controloe apelou para imprensa… quem não tem cão caça com gato! Disso tudo tiro, mais uma vez, a certidão de ingerência futebolística de nossa direção. Acrescente aí o mistério da estadia e saida de nosso ex diretor de futebol. O erro mora em outro lugar que não o que teve a cabeça cortada!

  14. Juca Says:

    Vamos nos arrepender muito,ainda, de PCC ter ido embora. Não é praga, não é maldição,é constatação.

  15. Logan Says:

    Li no jornal hoje, ricardo silva vai usar o 4-5-1, a grande virtude dele é essa, faz o óbvio (nesse caso só discordo dele manter o Roger, poderia testar o Leandrão ou colocar dois atacantes), o que é raro entre técnicos de futebol. O prórpio PCC disse que a melhor opção é efetivar o Ricardo, que a nossa diretoria não cometa de trazer Mancini, de novo.

    Li também que no coletivo um torcedor foi cobrar do Roger e o mesmo gritou: “Coloca outro no lugar!” tomara que o Ricardo escute a sugestão.

  16. valmerson Says:

    a diretoria acerta de um lado e erra de outro, apesar de ser um bom tecnico as manias de Mancine as vezes é prejudicial e Ricardo Silva tinha total condições de desempenhar um otimo futebol!

  17. Lacerda Says:

    É Sr. Carrera acho que vc está sonhando comigo pois há dias não tenho o prazer de postar aqui no blog do amigo Franciel , olha realmente Goiânia deve fazer bem pra vcs pois não param de falar no jogo do Leão domingo , será por que perderam para o pior time da série B no sábado um tal de Vila Nova este time eu acredito que consegue ser pior que o itinga ( acho sei não ) , obrigado Paulo Carneiro enfie este time vagabundo de volta as penumbras do futebol Brasileiro que é o seu lugar , aliás pensando bem o Santinha de Pernambuco está se sentido só na série D em matéria do Jornal Nacional de segunda-feira ultima mostrou a melhor média de público de todas as séries +- 38.000 desclassificado na primeira fase hehehehehehe aquela cena de um monte de babacas chorando me fez ter lampejos de um futuro próximo com outro timeco de três côres , limitem-se a sua atual insignificância , aceitem esta verdade , vcs não tem como fugir dela .
    Acabou , acabou , acabou e ponto final o resto é conversinha mole.

    • raul-sp Says:

      Lacerda,

      Não te conheço, mas pelas palavras que vc usa se referindo ao Santa Cruz “+- 38.000 desclassificado na primeira fase hehehehehehe aquela cena de um monte de babacas chorando ” dá pra notar que miolo e neurônio na cabeça é o que vc menos tem.

  18. Lacerda Says:

    Primeiro não fiz o texto para lhe agradar , tb não te conheço Sr. raul tenho a minha opinião quanto aos torcedôres do Santinha de PE e os do itinga daqui da minha terra portanto quem és tu para falar sobre “ miolo ou neurônio vai procurar sua turma , primeiro va entender o texto se é que vc consegue , aliás nem se de a este trabalho .

  19. raul-sp Says:

    Longe de mim esse agrado. Até meu filho de 3 anos entenderia esse seu texto. Não venha agora posar de erudito ou sociólogo. O texto foi direto: “Bando de babaca chorando pelo Santa Cruz.” Ora vc diz que tem opinião formada sobre a trocida, ora diz que não entendi o texto. Só não vejo motivos para agredir livremente a torcida do Santa. Simples.

  20. raul-sp Says:

    Esqueci até o H do Hora.

    • moisés Says:

      …esse ora é sem H mesmo (ts,ts).

      SÊO FRANÇUEL, vossa mercê (que está aí rindo de camarote) tá na hora de colocar novo post prá acabar com esta xibunguice!!

      RUMBORA TRITÓRIA CARAJO!!

      e tenho dito.

  21. Lacerda Says:

    Quando eu me refiro a torcida do Santinha o objetivo final é sacanear com torcida do itinga ( entendeu agora pedro-bó ) tão simples assim , falou raul-sp ( vc escreveu assim fazer o que ? ) aliás itinga é = jahia = moribundo = cahia = finado pra vc entender melhor.
    Opinião cada qual tem a sua isto é uma verdade.

    • raul-sp Says:

      Claro que entendi, meu caro. Você pode sacanear e xingar a torcida do Bahia como quiser. A rivalidade é de vcs. Só não sacaneie e xingue a do Santa Cruz. Aliás, sacanear pode. É do futebol. Agora xingar os torcedores são outros quinhentos. Tenho dito.

  22. valmerson Says:

    Franciel, estou aguardando ansiosamente pelo seu novo texto sobre a sulamericana.

    http://valmerson.wordpress.com/2009/08/13/vitoria-x-coritiba-nao-importa-se-e-sul-americanavencer-e-com-ricardo-silva/

  23. Victor Nyo Says:

    Não é a hora de Ricardo Silva…

    Ele vai pegar o Vitória em 2010 do inicio, e nos levar rumo aos titulos!

  24. valmerson Says:

    Divisão de Base do Leão

    O Esporte Clube Vitória é sem duvida nenhuma fenomenal na formação de jovens talentos e a cada ano o numero de títulos em toda divisão de base se multiplica, isso se reflete nas convocações para a seleção brasileira de todas as categorias e jogadores que começaram na toca do Leão espalhados pelo Brasil e no Mundo.

    confira mais no blog:Leão Minha Paixão

    http://valmerson.wordpress.com/2009/08/14/a-melhor-divisao-do-brasil-voltou-parte-ii/

  25. Lacerda Says:

    A sacanagen vai continuar sim. tenho dito.

  26. PUTAQUEPARIU O ETERNO RETORNO!!! « Victoria Quae Sera Tamen Says:

    […] Porém, ai porém, por outro lado ainda martela minha memória a última passagem de Carpegiane, quando ele botava apodi (que deus o tenha) de centroavante e bida de lateral esquerdo. Lembro que foi obrigado até a fazer algo que contraria minha religião: colocar apelido em um senhor de idade, chamando-o de EXPERIMENTALGIANE. […]

  27. Canal ECVitoria » Blog Archive » Putaquepariu o eterno retorno Says:

    […] Porém, ai porém, por outro lado ainda martela minha memória a última passagem de Carpegiane, quando ele botava apodi (que deus o tenha) de centroavante e bida de lateral esquerdo. Lembro que fui obrigado até a fazer algo que contraria minha religião: colocar apelido em um senhor de idade, chamando-o de EXPERIMENTALGIANE. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: